segunda-feira, 15 de setembro de 2008

A vida
Tomo I
duas vodkas
com gelo
pra me dissuadir
de vê-lo
Tomo II
duas cervejas
pra me distrair
caso ele
me veja
(inédito, 02042007)

¯ - Adorable - sunshine smile

10 comentários:

soledade disse...

Jeanine, descubro hoje o seu blogue. Gostei do que li. Gosto destes poemas breves, irónicos, de ritmo bem marcado.
Um abraço desde Portugal

telescopionegro disse...

gostei desse poema regado á vodka,cerveja e ironia...

Diego Gonçalves Amaral disse...

"amigo pra mim as batatinhas"

huahuahuahua 2 cervejas...tô nessa mesa!

Jeanine Will disse...

Soledade,
que grande surpresa!
Agradeço a visita e saiba que sou fã dos seus escritos.
Um abraço,
Jeanine.

Jeanine Will disse...

Oi Everi,
obrigada pela visita!
Um abraço,
Jeanine.

Jeanine Will disse...

Diego,
hummm... não tinha pensado nas batatas. Manda!

Marcão disse...

Jeanine

Lindas suas poesias, coloquei um link de seu blog no meu.
ritmo-poesia.blogspot.com

Jeanine Will disse...

Oi Marcos,
Obrigada pela visita e por mencionar o meu blog. Vou retribuir a gentileza.
Um abraço,
Jeanine.

Rodrigo Mota disse...

Poxa que bacana seu blog! inspirador esses videos, muita sorte

Surr.

Jeanine Will disse...

Rodrigo,
obrigada pela visita!
Um abraço,
Jeanine.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...