domingo, 21 de setembro de 2008

Sem resposta
Há sombras
de dúvidas
enfileiradas
nas alamedas
que percorro
na madrugada

(inédito, 08072007)
¯ - Indochine & Brian Molko - pink water

6 comentários:

Lidiane disse...

Há dúvidas em todo o canto que se olhe.
Mais perguntas, sempre, que respostas.
Ou respostas certas, para perguntas erradas...

Beijos, viu?

Kenneth Bruce disse...

mas há postes nessas alamedas.
logo, nem tudo está perdido
(eu devia parar de ser chato em querer complementar a obra dos outros :P)

Diego Gonçalves Amaral disse...

há dúvidas até onde há clarividência!

bjs

Jeanine Will disse...

Oi Lidi,
é ruim até olhar pro lado.
Beijo tb,
Jeanine.

Jeanine Will disse...

Bruce,
são elas, postadas!
E ainda se fingem de luz.
Umberto Ecco disse que a obra depois de publicada não nos pertence mais. Você é sempre bem-vindo!
[:P]

Jeanine Will disse...

Diego,
é tudúvida!
Bjos,
Jeanine.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...