segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Fatos do fogo e da água



sou 
um colapso esburacando a manhã 
lembrando daquele dia de desconhecidos 

posso 
me achegar ao teu rosto 
aprender as notas do teu riso cifrado 

quero
acordar o octopus que sonha 
incitar seu abraço e me perder na tinta do seu ataque 

entrementes
atalhos coloridos na tua pele me desviam do caminho 
teu olhar incendeia a minha seiva 
e o trem do sonho não pára de percorrer os sentidos 
“Crash into my arms. 
I want you.” (Vince Vinnus) 




17012014 & 12102015

4 comentários:

Jaozin Art Studio disse...

Maravilha!

Anônimo disse...

Belo poema.
*sou suspeito.

V.

Jeanine Will disse...

Jaozin,
Obrigada, querido! :)

Jeanine Will disse...

V.
Agradecimentos!
Suspeitos? :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...