terça-feira, 31 de março de 2009

Mudança
não há cristaleira
sem medo
dos dedos que virão
(Inédito, 27052008)

¯ - Solar Powered People - turn back

8 comentários:

Diego Gonçalves Amaral disse...

eu sou o rei dos dedos na cristaleira!

bj

Jeanine Will disse...

ai ai... conheço isso de perto! não entro nem de lado num lugar assim pq a tragédia tá feita.
Bjos!

Débora disse...

hahahahahahaahaha

Não sou rei tampouco rainha.
Sou mesmo o elefante, o elefante numa loja de cristal!
rsrsrsrsrs

Beijocas Jeanine!!!

=D

Wellington Felix disse...

eu estava me sentindo como a cristaleira, morrendo de medo de mudar, deixar, dar adeus ao que não te acolhe mais, mas fui deixando de ser a cristaleira e me encontrei cristal,finalmente encontrei um amor que não depende de ninguem
________o amor próprio_________

Jeanine Will disse...

Débora,
ehehehehe... somos do mesmo zôo?
eu me sinto um hipopótamo roxo na loja de cristal. A imagem é linda, mas o estrago... uiiiiiii!
Beijos!

Jeanine Will disse...

Wellington,
o medo nos dá limites, faz parte de nós. E se a gente mudar e algo quebrar, reciclagem! Vai ver que era pra trocar mesmo.
=]

Wellington Felix disse...

mudou, quebrou, reciclou então fechou, ou apenas *abril o ciclo,


tá ai outro poema na sua resposta, posso publicar ?


Ps. * abril inicio do ano astrologico, mês atual, antagônico a fechar ciclo darma e carma, ciclo usar e reciclar etc...

Jeanine Will disse...

Wellington,
ou, ou, ou, ou, il.
meio vogal, meio mantra do mês de abril.
Claro que pode publicar, é seu!
Um abraço,
Jeanine.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...