segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

descansam os remos
na completa ignorância
de saber se venceremos
o rastro do rio que vai
desde sempre
(inédito, 05112007)
¯ - Mogwai - cody

6 comentários:

Diego Gonçalves Amaral disse...

me lebrei de um texto que escrevi um tempo atrás: TIMONEIRO

bjs

Jeanine Will disse...

Diego,
acabo de ver e realmente ambos têm semelhanças. Beijo!

Wellington Felix disse...

...

seus pés ja não sangravam tanto
ele persistia em seu sonho,
e tinha um sol queimando-lhe o peito
ia cansado e ofegante,
ainda mantinha a velha fé
ele jamais desistiria dessa jornada,
ele sentia que não seria a ultima vez
ele mantinha o diamante na memória
e na memória mantinha os cheiros e os toques
ele só queria ser amado novamente

Wellington Felix disse...

dizem que os viciados em heroina, buscam sempre a sensação da primeira vez...

Jeanine Will disse...

Welington,
há sempre aquele que guarda uma reserva de esperança para os momentos difíceis. Há os que a tem para o gasto. E ainda, os que sequer sabem da sua existência.

Jeanine Will disse...

Wellington,
isso me fez lembrar Dancing Barefoot na versão do U2.

Acho que os viciados em tudo, até na vida, buscam a sensação de primeira vez.

Abraço!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...