terça-feira, 31 de março de 2015

Orquestra vazia

a solidão ancora na planície lenta da segunda-feira
março se despede sem bilhetes

acordo do dilúvio das dúvidas no tumulto das faces
confundo chover com chorar

sigo nua diante do roubo dos sonhos
escondo o osso da vida na esquina

suspiro na inscrição da rocha machadiana
sento no tapete mineiro de lembranças

                você é um escorpião que carrego no corpo
                                    na tarde que emudece crepúsculos
                                    no meu coração de tambor telegráfico


14022014 & 30032015

2 comentários:

Jaozin Art Studio disse...

Que maravilha!

Jeanine Will disse...

Obrigada, querido! Um abraço!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...